Psicóloga Nina Rocha

Após haver trabalhado com dependentes químicos, menores infratores e de ter tido uma marcante experiência – no Instituto Municipal Philippe Pinel – com pacientes acometidos de dramáticas patologias, a psicóloga Nina Rocha voltou-se, com particular ênfase, ao atendimento de crianças, adolescentes e famílias. Cursou especialização na área da psicologia cognitivo-comportamental para crianças e adolescentes.

Tendo como base uma formação em Psicologia Junguiana, teve contato, a certa altura de sua trajetória, com a psicologia de cunho metafísico de Aristóteles e Tomás de Aquino. Estuda antropologia filosófica destas duas fontes, para as quais a alma humana é um feixe de potências que radicam nas instâncias sensitivas e culminam no âmbito da inteligência e da vontade.

Nina Rocha busca aprofundamento nos princípios da rica tradição aristotélico-tomista em sua atuação como psicóloga. Trata-se de princípios que dão molde teórico à Psicologia Dinâmica Infantil – PDI.

Gestora Educacional com MBA em Psicologia Organizacional, especialista nas áreas de neuroaprendizagem e psicomotricidade na NeuroSaber – projeto educacional do neurologista Clay Brites e da psicopedagoga Luciana Brites. Estudou sobre os processos da pré-alfabetização e da alfabetização pelo método fônico, em técnicas desenvolvidas pelo pedagogo Carlos Nadalim.

A parte mais propriamente filosófica do trabalho da psicóloga Nina Rocha baseia-se em textos de alguns tomistas  como o psicólogo Martín Echavarría, argentino radicado em Barcelona, e do professor Sidney Silveira, brasileiro.  Além de outros autores como o psiquiatra inglês Anthony Daniels (o Theodore Dalrymple), o psiquiatra austríaco Rudolf Allers e o filósofo alemão Josef Pieper.

Nina Rocha
CRP RJ 41555